Regata do 102º Aniversário do Sailing

No último sábado, dia 16 de Abril, tivemos nossa regata de aniversário, que teve a participação de aproximadamente 110 barcos de oceano e monotipos. Dia de forte calor e céu claro, na hora das largadas havia uma brisa fraca na enseada de São Francisco e nenhum vento em Icaraí e no Rio de Janeiro.

Felizmente, após a largada entrou vento direção sul com intensidade de 10 nós, proporcionando uma excelente velejada a todos os velejadores. A súmula provisória já está disponível no site e o resultado final será divulgado em breve, após os ajustes que sempre surgem.

Segue abaixo a colocação dos barcos do Sailing:

Classe Velamar 22

1º lugar – Smooth – Ricardo Timotheo

2º lugar – Picareta – Leonardo Moura

 

Classe Snipe

1º lugar – Papaléguas – Matheus Franco

3º lugar – Catarina – Helio Hasselmann

 

Laser standard

3º lugar – Laborare – Alfredo Gama

 

Laser 4.7

3º lugar – Ana Beatriz Costa

 

Bico de Proa

2º lugar – Frederick – Sergio Faria

5º lugar – Logos – Mucio Sevola

7º lugar – Pequod – Carlos Werner

8º lugar – Andanças – Dario Leal

9º lugar – Sanhaço II – Helder Muniz

11º lugar – Tantum – Oscar de Castro

13º lugar – Danirra – Brian Cyrill

 

RGS

4º lugar – Kalymera V – Paes Leme

11º lugar – Kaos Storm – Marcello Marques

 

Classicos

1º lugar – Linie – Erik Schmidt

 

IRC

1º lugar – Fregate – Colin Gomm

 

Vários de nossos velejadores tripularam barcos de clubes co-irmãos. Lembramos que a entrega de prêmios será no dia 6 de Maio, sexta-feira, às 19 horas.

 

Mundial de Star 2016

Terminou no último sábado, em Miami, o Mundial da classe Star. Foram disputadas seis regatas e a dupla Lars Grael e Samuel Gonçalves se manteve sempre no grupo da frente (descartaram um 12º lugar), sendo a melhor dupla brasileira. As regatas foram bastante disputadas, ora com vento mais forte, ora com vento mais fraco. No final, Lars e Samuca, que defendiam o título conquistado em 2015 na Argentina, encerraram a sua participação na 4ª colocação geral (vice na categoria Master). O título ficou com o brasileiro Bruno Prada, que velejou na proa do americano Augie Diaz. Este foi o quarto título mundial de Prada na Star. Torben Grael (Campeão Mundial de Star de 1990 dentre inúmeras outras conquistas) e Guilherme Almeida também do RYC, disputaram as primeiras posições e obtiveram a 2ª colocação na 2ª regata e terminaram em 12º posição geral. Alessandro Pascolato e Henry Boennig, do ICRJ, terminaram na 18ª posição geral (1º na categoria Exalted Grand Master / após 70 anos).

Admar Gonzaga (Ministro do TSE e que foi sócio do RYC) com Alexandre Freitas (Iate Clube de Brasília) terminaram na 36ª posição geral e a dupla Frederico Viegas e Renato Moura (Iate Clube de Brasília) na 51ª posição na flotilha de 72 Stars.

O associado Marcelo Ferreira que já foi bi-campeão Mundial de Star, voltou às raias na proa do velejador italiano Nicollo Saidelli (48º na classificação).

O resultado completo pode ser visto aqui: http://bit.ly/1ROFGgR

Texto: Mari Peccicacco