O “Snipe Bulletin”, órgão oficial de comunicação da Classe Snipe internacional, tradicional categoria da vela na qual os irmãos gêmeos Axel e Erik Schmidt foram tricampeões mundiais, fez uma homenagem ao velejador niteroiense Axel Schmidt, que faleceu recentemente, em 10 de junho de 2018.

O artigo apresenta o currículo esportivo vitorioso de Axel e afirma que as conquistas de Axel e Erik Schmidt fizeram parte da chamada época de ouro do esporte brasileiro, quando o Brasil foi campeão mundial de futebol (Suécia, 1958), o título mundial de Eder Jofre no boxe (1960) e a inesquecível Maria Ester Bueno, que reinou no tênis mundial por um longo período, conquistando alguns dos principais títulos do esporte naquela época, incluindo Wimbledon. Maria Ester, faleceu dois dias antes de Axel Schmidt.

O texto dá destaque para os títulos mais importantes da carreira de Axel Schmidt, inclusive os três Cameonatos Mundiais da Classe Snipe, conquistados em Rye, Nova York (1961), Bendor, França (1963) e Las Palmas, Ilhas Canárias, Espanha (1965).

Axel Schmidt é tio dos velejadores Lars Grael, Torben Grael e é por nós considerado, junto com Erik, o precursor da trajetória da família Schmidt Grael que já trouxe 8 medalhas olímpicas para o Brasil. Axel inspirou também a nova geração de campeões da família, com destaque para Martine Grael, medalha de ouro na Classe 49er FX, nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Que bons ventos o conduzam pela eternidade!

– Texto: Axel Grael

Axel e Erik Schmidt